Prepare-se para o Natal: Ainda dá tempo de entender as tendências do mercado!

 

Prepare-se para o Natal ! O Natal pode ser ou não um período de bastante movimentação no caixa de uma companhia. Isso depende do segmento da empresa e sua preparação para entender o mercado nessa época do ano.

Na verdade, o espaço de tempo entre o finalzinho de ano até janeiro, é uma época que demanda muita atenção, principalmente aquela direcionada às finanças do empreendimento.

Nós explicamos o porquê!

Prepare-se para o Natal

Antes de tudo, existem realidades distintas entre os tipos de empresa, sendo eles B2B e B2C.

Para nos adequarmos à cada uma, vamos separar em tópicos a questão relacionada às tendências de mercado.

Empresas B2C, prepare-se para o Natal

Uma das características do fim de ano é que as pessoas, em geral, possuem mais dinheiro para gastar, devido a três coisas:

  1. Estão guardando para possíveis promoções;
  2. Estão juntando para viagens ou presentes de Natal para familiares (ou até para si própria);
  3. Décimo terceiro e outras bonificações.

É aí que entra a estratégia de mercado, visando que empresas B2C consigam alcançar seus objetivos em vendas, trabalhando para disparar o gatilho de compra em seus consumidores.

Ficar com estoque parado para o ano seguinte não é uma opção!

Após explicarmos sobre a realidade B2B, discorreremos sobre como entender as tendências de mercado para o Natal, e qualquer outra época que desejar.

Empresas B2B, prepare-se para o Natal

Aqui o cenário pode mudar um pouco: enquanto durante todo o ano o ritmo é frenético e são fechados muitos contratos, o fim do ano pode ser um pouco mais sóbrio para certos segmentos.

Mas isso não significa (de jeito nenhum!) que não é possível aproveitar esse período, afinal, onde pessoas comuns veem um problema, empreendedores veem uma oportunidade!

Um exemplo de como driblar a “calmaria de fim de ano” no segmento B2B é a clássica promoção de vendas ou até mesmo condições especiais, visto que a virada do ano pode trazer reajustes no preço.

Economizar verba para o ano que vem por aí é um chamativo e tanto!

O que foi citado acima, vale dizer, não se aplica a um distribuidor de alimentos, visto que é comum que as vendas da indústria alimentícia cresçam em épocas de festas.

Portanto, saiba identificar onde você se encontra nessa parábola.

Como compreender as tendências de mercado?

Primeiro, entendamos a definição de tendência:

“Aquilo que leva alguém a seguir um determinado caminho ou a agir de certa forma; predisposição, propensão”.

Então, seguindo a afirmação acima, para se ter uma tendência é preciso basear-se em dados.

E que dados são esses? (Esse é o ponto chave do artigo).

Esses dados são informações relevantes e aplicáveis, colhidas através de pesquisas internas e pesquisas de mercado (concorrentes), que gerarão os insights para o gerenciamento estratégico. Assim origina-se a tendência.

É preciso conhecer, por exemplo, os processos do seu negócio e o fluxo de caixa médio por período, para que seja possível estabelecer uma comparação.

Muitos empreendedores realizam essa pesquisa intuitivamente, o que pode acarretar em prejuízos. A intuição pode trazer resultados ao mesmo tempo que também é um risco bem grande!

O correto a se fazer é um estudo específico, o que demanda esforços e leva certo tempo. E é bem difícil de se fazer sozinho!

É por isso que algumas empresas optam por contratar serviços de Consultoria Empresarial.

Você recebe os insights necessários para gerenciar estrategicamente e, num só contrato, é possível estabelecer mais vínculos, agregando questões fiscais e tributárias, para otimizar ao máximo os ganhos da companhia.

Gostou do artigo? Cadastre-se em nossa newsletter para receber novidades fresquinhas.

Deixe um Comentário

Contar com os serviços da MF Consultoria é ter a garantia de que sua empresa terá toda a assistência necessária.

Estamos sempre próximos, realizando reuniões mensais, detectando novos e melhores caminhos, prevenindo problemas e oferecendo soluções adequadas.

Fale com a gente

POSSO AJUDAR?