Governança Corporativa: o que é e qual a sua importância

Compreender o que é governança corporativa é o primeiro passo para implementar este processo capaz de mudar completamente as organizações.

Para respondermos o que é governança corporativa, é necessário que olhemos para a forma como uma empresa se organiza.

Veja, a seguir, quais são os principais pontos a conhecer e a refletir antes de implementar este processo capaz de mudar empresas como um todo – e para muito melhor.

O que é governança corporativa?

Quando se trata desta pergunta, podemos encontrar uma resposta bem objetiva: é um processo que indica à uma empresa o caminho que ela deve percorrer para alcançar seus objetivos.

O processo de governança corporativa tem fundamentos na chamada Teoria da Agência que, por sua vez, trata das relações entre os principais e os agentes.

Enquanto os primeiros são os donos da empresa, os agentes são aquelas pessoas que são contratadas para que a administração da organização seja feita.

Qual é a sua importância?

A importância da governança corporativa está relacionada com a administração dos conflitos que possam surgir entre os mais diferentes níveis hierárquicos de um negócio.

Equilibrando os interesses dos proprietários com os interesses dos administradores do negócio, é possível minimizar conflitos que possam comprometer o encaminhamento do negócio.

Assim, destacamos que as práticas de governança são essenciais para que uma empresa possa se preservar dos conflitos e, também, para que seja mantido o princípio de cooperação entre as partes.

Qual é o papel da governança corporativa?

Qual é o papel da governança corporativa?

Agora que já pudemos responder o que é governança corporativa, é necessário compreender qual é o seu real papel dentro de uma empresa:

  1. Organizar os fluxos de relacionamentos entre as partes de uma empresa, tais como diretoria, proprietários, sócios, conselho fiscal e conselho administrativo;
  2. Estruturar as normas e as políticas de uma empresa, tendo como base a legislação e princípios de regulamentação, sempre buscando as melhores práticas;
  3. Definir os critérios de avaliação de desempenho da empresa, bem como quais são seus objetivos e quais as estratégias que necessitam ser adotadas para que eles possam ser alcançados;
  4. Equilibrar as relações entre os sócios e as diretorias com base em argumentos legais, ainda que sejam participantes em proporções distintas da empresa.

Quais são os benefícios da governança corporativa para uma empresa?

Em relação aos principais benefícios da governança corporativa, podemos destacar que:

Aumenta o valor de uma empresa

A governança corporativa estabelece princípios que melhoram a gestão de um negócio, eliminando conflitos que possam existir, conforme vimos quando tratamos de responder o que é governança corporativa.

Isso, por si só, aumenta o valor da empresa e torna o negócio mais longevo, uma vez que se reduzem os riscos que podem comprometer os investimentos dos futuros acionistas.

Retém investidores e os atrai

As empresas que firmam princípios de boas práticas de governança corporativa acabam por construir uma imagem que aumenta a confiança do mercado sobre ela.

Isso também contribui para que novos acionistas e investidores surjam, aumentando o capital da empresa, ao mesmo tempo que retém seus atuais investidores.

Administra de melhor forma os conflitos existentes em uma empresa

Conforme vimos quando respondemos o que é governança corporativa, o processo visa sempre a diminuição dos conflitos que possam existir entre aqueles principais investidores e a direção de uma empresa.

Esse tipo de estratégia de gerenciamento de conflitos é essencial para que os interesses de ambas as partes sejam preservados, promovendo, também, o sucesso da empresa.

Quais são os pilares da governança corporativa?

A governança corporativa se pauta em quatro pilares fundamentais para o sucesso de uma empresa.

Veja, a seguir, o que é governança corporativa na prática:

Transparência

É o princípio fundamental que equilibra as relações de uma organização e, além disso, um princípio legal. As decisões e processos devem ser claros, objetivos e compartilhados.

Prestação de contas

A prestação de contas deve ser feita pela governança corporativa para os investidores de uma empresa, tanto em relação aos movimentos financeiros quanto em relação às decisões da gestão de pessoas.

Responsabilidade em relação à corporação

A responsabilidade em relação à corporação trata da relação da empresa com a sociedade, com a forma como ela impacta em sua comunidade e o que faz para que isso seja melhor.

Princípio de igualdade

Este princípio deve ser observado para que a corporação possa manter uma relação de igualdade e equidade entre os acionistas ou proprietários com a equipe de trabalho em si.

Quais são as melhores práticas de governança corporativa?

Quais são as melhores práticas de governança corporativa?

Algumas ações respondem, de forma prática, o que é governança corporativa de fato.

Veja, a seguir, algumas delas:

Organização das funções e das responsabilidades de cada grupo

É essencial para uma empresa que cada colaborador saiba exatamente quais são as funções que deve executar e quais são suas responsabilidades frente à organização.

No entanto, para além disso, é igualmente importante que cada um também compreenda de que forma suas ações impactam na organização, como um todo, sobretudo para que um planejamento estratégico possa se desenvolver com segurança.

Para responder a isso, a governança corporativa é fundamental para desenhar cada uma das funções de uma empresa.

Estabelecer normas de transparência e ética para as relações corporativas

Isso vai além de simplesmente observar as leis e normas de conduta no interior de uma empresa.

Relações éticas se estabelecem não só com os trabalhadores e com a comunidade que está constituída ao redor de uma empresa, mas com o mercado de consumo e com outros empreendedores também.

A governança corporativa é essencial para a configuração de uma estrutura de trabalho ética, que não avance as barreiras impostas por relações saudáveis entre a empresa e os mais diversos entes.

Responsabilidade social

Os princípios de responsabilidade social de uma empresa vão além de manter uma relação saudável com seus colaboradores e com seu entorno.

Consiste também em adotar práticas de preservação ambiental, de utilização consciente de recursos naturais e, ainda, de relações econômicas que verdadeiramente possam fazer com que as pessoas mantenham suas vidas íntegras e dignas.

Como aplicar a governança corporativa na sua empresa?

Como aplicar a governança corporativa na sua empresa?

A MF Consultoria Empresarial pode ajudar a sua empresa a estabelecer a governança corporativa, através da aplicação de processos que viabilizam uma empresa mais saudável e estruturada.

Com a experiência dos melhores nomes do mercado, nosso Escritório vai além dos serviços e processos que já são oferecidos e pode ser determinante para a estruturação e organização da sua empresa, através de uma consultoria empresarial completa!

Saiba mais sobre a Consultoria Empresarial da MF

Saiba mais sobre a Assessoria Contábil da MF

Conclusão

Compreender o que é governança corporativa é um passo essencial para implementá-la à realidade da sua organização.

Este é um processo desenvolvido para que as organizações encontrem pontos de consonância e equilíbrio entre suas equipes diretivas e seus investidores, além de promover, também, ações que visam a transparência e a ética de um negócio.

Através dela, é possível fazer com que uma empresa tenha maior sucesso porque a governança corporativa leva mais solidez para o negócio, tornando-o mais seguro, mais robusto e, assim, fonte de atenção para investidores e para a sociedade, como um todo.

Deixe um Comentário

Contar com os serviços da MF Consultoria é ter a garantia de que sua empresa terá toda a assistência necessária.

Estamos sempre próximos, realizando reuniões mensais, detectando novos e melhores caminhos, prevenindo problemas e oferecendo soluções adequadas.

Fale com a gente

POSSO AJUDAR?