Margem de lucro ideal: Processo para definir e como alcançá-la

Saber qual a margem de lucro ideal para seus produtos e serviços é essencial para que se possa avaliar exatamente se sua empresa está apresentando lucratividade e se é possível aumentá-la!

Avaliar o andamento da empresa, seus clientes, o mercado, a legislação, a economia, os tributos, colaboradores e tantas outras variáveis é tão importante quanto prestar um bom serviço ou vender um bom produto.

É por isso que constatamos que abrir uma empresa demanda esforços em muitas frentes, gerando muitas dúvidas nos empreendedores que estão iniciando seus trabalhos, sobretudo em relação ao caminho que foi por eles traçado e ao caminho que agora é percorrido.

Saber qual é a margem de lucro ideal para um produto vendido ou para um serviço prestado é essencial quando se trata de um empreendedor que está começando a dar seus primeiros passos tanto quanto é essencial para aquelas empresas já consolidadas no mercado.

Isso se dá tanto porque o mercado é variável quanto porque é essencial pensarmos e repensarmos o andamento da nossa empresa, aprendendo, discutindo e refletindo a forma como trabalhamos a fim de chegarmos exatamente no lugar em que queremos.

Veja, agora, o que é a margem de lucro ideal, como é calculada e o que ela pode representar para a sua empresa, mesmo quando não é a lucratividade a qualquer custo o que você está buscando para o seu negócio!

O que é margem de lucro e como é calculada?

A margem de lucro é exatamente a diferença entre o valor que se obteve com a venda de um produto ou de um serviço menos os valores investidos diretamente para a produção de algo ou para a prestação do serviço.

Esse tipo de lucro é o lucro bruto, sobre o qual ainda incidem também impostos e taxas de operação.

De modo a exemplificar, digamos que um profissional prestou um serviço de R$ 400, fazendo a instalação de equipamentos de vigilância em um condomínio.

Retirando desses R$ 400 os valores de transporte, alimentação e mão de obra, sobrou-lhe R$ 240.

Desses R$ 240, no entanto, ele ainda teve um gasto com algumas peças que precisou repor rapidamente, totalizando mais R$ 80 nesses insumos. O que resultar, é justamente o seu lucro.

É fazendo esse mesmo tipo de cálculo que as empresas determinam qual foi o lucro obtido em um período, diminuindo do faturamento total tudo aquilo que foi gasto, de forma direta ou indireta, para alcançá-lo.

A fim de saber exatamente qual é a margem de lucro de uma empresa, é preciso fazer o seguinte cálculo:

Lucro / Receita * 100 = Margem de lucro

A partir do resultado desse cálculo, em porcentagem, é possível saber exatamente qual foi o retorno de uma empresa em um determinado período de operação e traçar uma meta para esse resultado, estipulando, assim, a margem de lucro ideal.

Qual é o lucro de uma empresa?

A importância de mensurar corretamente a sua margem

É essencial que a margem de lucro seja corretamente mensurada a fim de que a empresa saiba de forma exata quais são os seus reais resultados.

Somente dessa forma é possível adotar estratégias para que se possa alcançar um maior crescimento da empresa, bem como mantê-lo em ascensão!

Um erro na margem causado por qualquer variável não observada pode realmente fazer com que sua empresa acabe por gerar prejuízos que, quando não percebidos em tempo de correção, podem comprometê-la inclusive em seu funcionamento.

No Brasil, pelo menos 50% das empresas fecham em menos de dois anos também por conta de práticas inadequadas de gestão, no que facilmente se inclui erros nos cálculos de margem de lucro.

Margem de lucro ideal: Defina a sua em 5 etapas

Existem cinco etapas que todo empreendedor deve percorrer no momento de calcular a sua margem de lucro ideal. Veja quais são elas:

1. Precificação adequada

A precificação adequada dos seus produtos ou dos seus serviços é essencial para que a sua margem de lucro não seja afetada negativamente – o que inclui pensar sempre a validade de promoções e de descontos.

Para fazê-la de forma adequada, some todos os seus custos operacionais e os impostos que incidem sua operação, bem como o preço de custo do seu produto. Então, adicione 100% sobre isso a fim de manter seu fluxo de caixa e seu lucro, de fato.

Aí então, verifique se esse valor é compatível com os valores comuns do mercado sobre o que você está comercializando.

Se você for um prestador de serviços, sua formação, gastos com qualquer produto ou insumo que possa ter também entram na conta.

2. Mensuração dos custos e despesas

Os custos do seu produto são fáceis de apurar, mas e as suas despesas?

Dê um passo além do salário dos seus funcionários, do aluguel do ponto comercial ou de qualquer outro gasto com insumo para o trabalho – da caneta ao clipe de papel.

Tenha também em mente seus próprios custos pessoais para a gestão da empresa, como um curso que tenha feito, seu transporte, sua alimentação e tudo mais o que for relacionado à empresa em si.

como estabelecer e alcançar a margem de lucro desejada

3. Estabelecendo a margem ideal

Para além do seu desejo pessoal enquanto gestor ou proprietário do seu negócio, muitas outras variáveis devem ser consideradas no momento de definir a margem de lucro ideal.

Verifique qual o planejamento estratégico do seu negócio em relação à sua atuação no mercado, qual o público que alcança, qual o ambiente econômico em que sua empresa está localizada e, ainda, a quantas anda a própria economia global.

Essas variáveis impactam de forma profunda uma empresa e não podem ser perdidas de vista no momento de estabelecer qual é de fato a margem de lucro ideal para ela.

Quer saber como calcular a margem de lucro para os seus produtos? Veja agora:

4. Planejamento de seus custos e despesas

As despesas operacionais são componentes essenciais a se considerar no momento de calcular a margem de lucro de um produto e, por isso, devem ser sempre que possível planejadas a fim de aumentar a margem de lucro.

Algumas ações são recomendadas a fim de verificar quais são os custos e as despesas de manter uma empresa funcionando. Podemos elencá-las assim:

  • Todos os gastos sempre devem ser anotados, ainda que possam ser irrelevantes ou pequenos, pois todos devem ser levados em conta para o cálculo da sua margem de lucro ideal;
  • Esteja atento a pequenos gastos e sempre busque investigar, em sua empresa, a forma como o dinheiro está sendo aplicado e utilizado;
  • Vá além das contas recorrentes, como telefonia, água e luz e busque sempre por gastos que possam estar ocorrendo por conta de equipamentos inadequados ou obsoletos.

Recomendamos que você saiba diferenciar, no entanto, gasto de investimento – embora o investimento em uma boa impressora, por exemplo, represente um gasto – e compreenda que algumas situações exigem gasto para melhorar o processo de trabalho.

5. Ferramentas para auxiliar no processo

Algumas ferramentas são essenciais para que você possa sempre realizar uma boa gestão financeira, tais como um bom domínio de softwares de cálculo – como planilhas digitais, e até mesmo softwares de gestão.

Através deles, é possível criar formulações em que, a partir do lançamento de todas as variáveis já podemos chegar rapidamente à margem de lucro.

Caso você trabalhe diretamente com vendas, a contratação de um EPR pode já fazer todos esses cálculos, apenas a partir do lançamento de notas fiscais de entrada e de saída.

Considere uma assessoria contábil para ajudá-lo em todo o processo

Através de uma assessoria contábil é possível ter um melhor controle da sua operação como um todo, permitindo que você possa ter mais tempo para executar um melhor planejamento estratégico para a sua empresa.

A MF Consultoria Contábil conta com os melhores especialistas do mercado e pode te ajudar a ter um melhor controle das finanças da sua empresa, definindo não só sua margem de lucro, mas determinando qual é a ideal para o seu negócio!

Conheça a MF Consultoria e veja como atuamos para melhora na gestão financeira empresarial!

Deixe um Comentário

Contar com os serviços da MF Consultoria é ter a garantia de que sua empresa terá toda a assistência necessária.

Estamos sempre próximos, realizando reuniões mensais, detectando novos e melhores caminhos, prevenindo problemas e oferecendo soluções adequadas.

Fale com a gente

POSSO AJUDAR?