DRE (contabilidade): o que é, para que serve e como montar

A DRE é um documento essencial para que se possa compreender o estado financeiro atualizado de uma empresa

O documento é criado a fim de, junto ao balanço patrimonial, demonstrar quais são os resultados de uma empresa em um determinado período.

Além dos insumos essenciais para uma boa prática administrativa, a DRE também lança ferramentas indispensáveis para um melhor planejamento de uma empresa.

Conheça mais sobre este documento a seguir.

O que é a DRE na contabilidade?

Na contabilidade, a DRE é a chamada Demonstração do Resultado do Exercício. Ou seja: Uma forma de representar, de forma consolidada, os resultados e a posição financeira atual de uma empresa.

A DRE na contabilidade foi estabelecida através da Lei 6.404, de 1976, em seu artigo 187, em que se determina quais são os dados que precisam constar do documento, tais como:

  • Receita bruta;
  • Receita líquida;
  • Despesas operacionais;
  • Lucro ou prejuízo operacionais;
  • Resultado obtido antes da aplicação de Imposto de Renda e depois dos impostos;
  • Participações debêntures;
  • Lucro ou prejuízo do período.

Quando unimos a DRE ao Balanço Patrimonial, temos como resultado o principal documento contábil que você pode levar ao seu cliente.

Nestes documentos podem ser observados os resultados da empresa em um período de tempo, o que pode ser essencial para o planejamento estratégico de uma empresa.

Para que serve o DRE? Descubra a importância dela para a sua empresa

A DRE é de suma importância para uma boa administração de uma empresa, seja ela do tamanho que for, bem como para um bom planejamento estratégico de um negócio.

Nesse tipo de relatório temos um confronto entre as despesas de um negócio e as receitas geradas por ele.

Assim, temos o resultado líquido do desempenho de uma empresa em um período, bem como um detalhamento da situação operacional do negócio.

Além disso, a DRE demonstra de forma mais real em quais são os setores em que pode haver redução de gastos e, consequentemente, aumentar o faturamento do seu negócio.

Em ações judiciais, a DRE também figura como um importante documento, sobretudo porque, através dela, podemos observar também os impostos calculados e devidamente pagos, quando em confronto com os dados do IRPF dos sócios.

Avaliação do regime tributário

Através da DRE é possível observar os resultados obtidos pela empresa no último ano, tanto antes quanto depois dos impostos aplicados.

Na DRE se verificam também os impostos do regime tributário, para que eles sejam os menores que forem possíveis.

De acordo com o resultado financeiro, é possível também avaliar os resultados caso a empresa opte por outro regime tributário.

Comparação de períodos

Através da comparação dos períodos, é possível também verificar as alterações no lucro bruto e lucro líquido, bem como observar a evolução das despesas e de impostos.

Avaliação de potencial de geração de resultados

Através da DRE também é possível observar qual o potencial da empresa em relação à geração de resultados, fazendo com que a gestão possa redirecionar seus esforços e investimentos, resultando em maior crescimento.

Cálculo do ponto de equilíbrio

Outra importante contribuição da DRE se relaciona à identificação do break even, ou ponto de equilíbrio.

Identificar o break even possibilita à empresa reconhecer quantas vendas são necessárias gerar para que se possa cobrir todas as despesas da empresa, sem que gere lucro, necessariamente.

Acompanhamento de indicadores financeiros

A DRE também apresenta os indicadores de lucratividade, que são responsáveis pela demonstração da receita líquida da empresa no período analisado.

Assim, é possível identificar quais os principais indicadores de margem bruta, que relaciona o lucro bruto da empresa com os valores somados das vendas no período, bem como o e de EBIT, que mede o lucro das operações da empresa.

Auxílio à tomada de decisões

De acordo com os resultados da DRE para a contabilidade é possível analisar, também, a melhor forma de direcionar esforços e recursos financeiros para diferentes setores da empresa, bem como a melhor forma de enxugar custos operacionais.

DRE (contabilidade): como fazer? Veja o passo a passo

DRE (contabilidade): como fazer? Veja o passo a passo

Agora que você já conhece todos os benefícios da DRE para a contabilidade, é necessário compreender como aplicá-la.

Veja mais agora!

Veja exemplos de DRE para ficar mais claro

Abaixo, observe detalhadamente como construir a sua DRE:

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO FÓRMULA
Receita bruta
(-) Impostos incidentes sobre a venda
(=) Receita líquida C = a – b
(-) Custo das mercadorias vendidas – CMV
(=) LUCRO BRUTO E = C – d
(-) DESPESAS OPERACIONAIS F = (g + h + j) – i
(-) Despesas com vendas
(-) Despesas financeiras
(+) Receitas financeiras
(-) Despesas gerais e administrativas
(=) Lucro / Prejuízo operacional L = E – f

 

Quais são os indicadores de uma demonstração do resultado do exercício (DRE)?

Veja, a seguir, quais são os indicadores da demonstração do DRE!

Lucratividade

Através deste indicador é possível observar os ganhos da empresa, em comparação com seu lucro líquido em um período, quando relacionado ao faturamento total.

Ponto de equilíbrio

Este indicador apresenta qual a quantidade de vendas são necessárias para que a empresa não tenha lucro, tampouco prejuízos. Assim, é possível cobrir todos os custos da operação e, de acordo com eles, estabelecer metas e objetivos.

Margem de contribuição

De acordo com este indicador, é possível reconhecer qual a margem de contribuição que as vendas dos produtos da carta da empresa contribuem com a cobertura dos custos operacionais do negócio e gerar lucro.

Retorno sobre ativos

O indicador de retorno sobre ativos demonstra os retornos da empresa sobre os ativos que foram investidos. O resultado é obtido através da divisão do lucro líquido pelo total do ativo, que deve constar também no balanço patrimonial.

Retorno sobre patrimônio líquido

O patrimônio líquido é resultante do passivo diminuído do ativo, que deve ser distribuído para o proprietário ou entre os sócios, de acordo com o capital aportado por cada um. É a forma de demonstrar como o investimento feito por eles gerou lucro.

Quais são os tipos de análise da DRE na contabilidade?

Quais são os tipos de análise da DRE na contabilidade?

Dois tipos de análise podem ser feitos na DRE (contabilidade).

Veja, a seguir, cada uma delas.

Análise vertical

Através da análise vertical da DRE (contabilidade) é possível verificar o percentual das despesas, das receitas e, ainda, dos custos gerados pela empresa em um determinado período e em relação ao faturamento bruto.

Assim, é possível verificar quais foram as despesas que fizeram com que houvesse a redução de lucros da empresa.

Análise horizontal

A análise horizontal, diferente da análise vertical, observa o aumento ou até mesmo a redução das contas geradas pela empresa ao longo de um período.

Dessa forma, é possível verificar quais são os valores que são discrepantes e que devem ser observados com mais cuidado a fim de não comprometer o balanço da empresa.

Como analisar uma demonstração do resultado do exercício?

É possível interpretar a DRE na contabilidade através de quatro pontos distintos. Observe-os a seguir:

  1. Variação das receitas: Sempre que tiver variações positivas de receitas, analise suas políticas de pagamento, em taxas de inadimplência. Já se tiver variações negativas, repense como diminuir custos, ainda que de forma emergencial.
  2. Observe as despesas diretas, bem como a margem de contribuição: A margem de contribuição é resultante da sua receita operacional menos as suas despesas diretas. Se o seu resultado for negativo, é necessário repensar a sua operação, que pode ser inchada e custosa.
  3. Prejuízo ou lucratividade: Observe cuidadosamente seus lucros e seus prejuízos. Se houver prejuízo, analise de que forma pode implementar redução de custos e, caso tenha lucros, acolha cuidadosamente as suas estratégias e melhore-as ainda mais.
  4. Compare a DRE da contabilidade com outros relatórios: Essa é uma maneira de analisar seus resultados a partir de outras análises. Compare-a com seu fluxo de caixa, contas a pagar e a receber, bem como com seu capital de giro.

Quais são as diferenças entre DRE e balanço patrimonial?

As principais diferenças entre esses dois documentos estão relacionadas ao tipo de ativo que se observa.

Enquanto a DRE traz as relações entre despesas e receitas, bem como o balanço entre ativos e passivos, o balanço patrimonial demonstra qual a situação financeira real e imediata de uma empresa.

Para que o balanço patrimonial possa ser construído, é necessário observar todos os ativos e passivos, bem como seus lucros, dívidas e bens.

Como uma Assessoria Contábil pode ajudar você a fazer o DRE da sua empresa?

Uma assessoria contábil pode contribuir com a construção de uma DRE na contabilidade que permite a análise de diversos fatores importantes para mensurar o risco da sua operação.

Identificar como se dão as relações entre as despesas e as receitas da sua empresa permite também observar qual a situação real das finanças do seu negócio, permitindo um melhor processo decisório.

Ao delegar a DRE da contabilidade a uma empresa de consultoria contábil, é possível gerar diversos tipos de relatórios capazes de sustentar análises que contribuem com o sucesso de seu empreendimento.

Conclusão

A DRE Contábil foi instituída através da Lei 6.404, de 1976, em seu artigo 187, como uma ferramenta para analisar os lucros e prejuízos possíveis de uma empresa.

Através da DRE é possível projetar, analisar e corrigir os rumos de uma empresa, sendo o documento um importante instrumento para o processo decisório do seu negócio.

A MF Consultoria conta com uma equipe pronta para fazer a sua DRE e levar até você uma análise detalhada da sua empresa. Fale agora com um de nossos consultores!

Deixe um Comentário

Contar com os serviços da MF Consultoria é ter a garantia de que sua empresa terá toda a assistência necessária.

Estamos sempre próximos, realizando reuniões mensais, detectando novos e melhores caminhos, prevenindo problemas e oferecendo soluções adequadas.

Fale com a gente