Giro de Estoque: o que é, como calcular e dicas para otimizá-lo

Qual a importância do giro de estoque?

O planejamento do estoque de uma empresa é uma das partes mais importantes de uma boa administração, sobretudo porque é por meio dele que se garante que a demanda de um cliente poderá ser atendida.

No entanto, é preciso buscar equilíbrio justo, não tendo mais produto ou insumo em estoque do que aquele necessário para suprir as vendas ou a produção e nem em excesso, o que acaba por fazer com que seus investimentos fiquem ali congelados.

Para saber o que é o giro de estoque, quais são os cálculos que envolve essa ferramenta de gestão e o que fazer para que seu estoque seja sempre o ideal, sem excessos e sem risco de falta, siga conosco!

O que é giro de estoque e como calcular?

Giro de estoque é o resultado do cálculo do ritmo da circulação de mercadorias em uma empresa, obtido por meio da estimativa de quantas unidades foram adquiridas e quantas unidades foram vendidas em um determinado período.

Saber como calcular o estoque é essencial para que a saúde financeira da sua empresa possa ser mantida sempre em dia, sobretudo para que não falte insumo ou produto para atender aos seus clientes e nem para que os investimentos fiquem paralisados.

Por fim, ainda que pareça ser uma ótima ideia adquirir mais produtos e mais insumos para estocar e ter maior poder de barganha com os fornecedores, na prática, você terá preços congelados, suscetíveis a alterações que podem ser benéficas para o orçamento.

Fórmula de rotatividade do estoque

Para saber a rotatividade do estoque é necessário um excelente controle do mesmo, a fim de que se possa calcular o quanto de cada produto foi adquirido, o quanto foi vendido e o tempo para a reposição completa dele.

Assim, a formulação da rotatividade do estoque considera todos esses fatores, sendo:

Giro de estoque = Total de vendas / Valor do estoque

A partir desse cálculo, será possível descobrir quantas vezes em um período o estoque necessitou ser reposto e quanto maior o resultado, maior serão os eventos de reposição.

Como interpretar giro de estoque?

E para que serve o giro de estoque?

Conhecer o giro de estoque da sua empresa permite compreender o valor e periodicidade necessária de se investir para suprir a sua cadeia de vendas ou mesmo de produção, caso seja o estoque de insumos industriais.

Por meio do resultado desse cálculo podemos planejar o ritmo de compras, de importações ou de produção, temos como avaliar o volume de vendas e, até mesmo, estudar ajustes que sejam necessários para otimizar o espaço físico do nosso estoque.

Além disso, o cálculo de rotatividade de estoque também é importante de se conhecer para que a empresa tenha uma ferramenta de gestão robusta e completa, impactando na forma como se administra o negócio.

Implicações do giro de estoque alto

O giro de estoque alto é o desejo de todo empreendedor e implica em na ocorrência de várias reposições ao longo do ano a fim de suprir a cadeia de consumo ou a cadeia de produção.

Com um giro alto, o estoque corre menor risco de depreciação, sempre conta com produtos novos (essencial para quem trabalha com prazo de validade) e, ainda, otimiza espaços de alocação.

No entanto, exige maior poder de compra por parte da empresa, que deve estudar muito bem seu fluxo de caixa a fim de garantir recursos para sempre poder adquirir novos produtos junto ao fornecedor.

Implicações do giro de estoque baixo

Quando se identifica estoque de baixo giro, um alerta deve se acender para a empresa, pois o que se determina por meio desse resultado é que o ritmo de vendas ou de produção diminuiu e o que foi investido para a aquisição de produtos ou de insumos está parado.

Isso representa um investimento que a empresa realizou e que não está rendendo ou retornando da forma devida, impactando, portanto, no planejamento financeiro e no fluxo de caixa do negócio.

como fazer a gestão do giro de estoque

Dicas para otimizar a gestão do giro de estoque

A gestão da rotatividade de estoque deve ser a mais próxima possível da realidade do seu mercado ou da sua produção, pois estoque baixo quer dizer, necessariamente, estoque parado e sem ritmo aquecido de venda, o que implica em investimento paralisado.

Para que a sua empresa possa ter uma rotatividade de estoque adequada, recomenda-se:

1 – Ajuste a sua estratégia de preços

Torne os preços praticados pela sua empresa mais condizentes com o ritmo do seu mercado, operando de forma que seja possível manter giros de estoque mais constantes.

Isso permite que você possa sempre garantir preços de compra competitivos e ter dinheiro circulando em seu fluxo de caixa.

2 – Aumente a demanda com campanhas direcionadas

Um ponto essencial que decorre da identificação de uma rotatividade de estoque baixa é um melhor planejamento de marketing, que possa direcionar seu mercado consumidor para o produto excedente em seu estoque.

Portanto, ao identificar estoque alto e ritmo de renovação baixo, impulsione campanhas e melhore suas vendas.

3 – Planeje suas próximas compras

Fazer um bom planejamento de compras é, necessariamente, compreender qual o ritmo de rotatividade do seu estoque, de forma que não se tenha excesso e tampouco faltas que comprometam suas vendas e o atendimento aos seus clientes.

Portanto, tenha um planejamento realista e pautado em sua rotatividade de estoque para otimizar a forma de investir o capital da sua empresa.

4 – Faça um rigoroso controle de estoque

Para se poder calcular de forma realista a rotatividade de estoque é fundamental que se tenha um controle de entradas e saídas rigoroso.

Tenha sempre à mão um bom software de gestão de estoque e uma equipe treinada e atenta a essas demandas para não ter falhas em seu cálculo.

Conclusão

O cálculo que apura a forma de gestão de giro de um estoque é fundamental para que uma empresa possa planejar seu ritmo de compras e, sobretudo, fazer melhores investimentos com seu fluxo de caixa.

Portanto, essa é uma ferramenta indispensável para a administração de uma empresa e impacta diretamente seu ritmo de crescimento e de saúde financeira.

Leia também:

Deixe um Comentário

Contar com os serviços da MF Consultoria é ter a garantia de que sua empresa terá toda a assistência necessária.

Estamos sempre próximos, realizando reuniões mensais, detectando novos e melhores caminhos, prevenindo problemas e oferecendo soluções adequadas.

Fale com a gente

POSSO AJUDAR?