Escritório de Contabilidade ensina como começar a empreender

 

O sonho de muitas pessoas é não depender mais de chefes e, para que isso se torne realidade, abrir o próprio negócio (ou empreender) é uma saída muito atrativa. Mas, para quem está começando, isso pode ser uma tarefa complicada.

Para te ajudar, nesse artigo falaremos sobre alguns pontos importantes a se considerar antes de dar o start em seu empreendimento!

Começar a empreender

Primeiramente, é fundamental que você entenda uma coisa: os resultados não aparecem da noite para o dia. Portanto, tenha paciência e foco nos seus objetivos para que eles possam ser alcançados.

Muitos empresários, hoje bem sucedidos, tal como Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon, deu início a jornada empreendedora em sua própria garagem, assim como outros ícones que começaram do zero: Steve Jobs e Bill Gates são alguns exemplos.

Bem, vamos a lista com os aspectos mais importantes na hora de abrir seu negócio!

Entenda o mercado, antes de empreender

Entender o mercado trata-se de compreender como o nicho em questão funciona: quais suas características? Quais estratégias se aplicam a esse contexto?

Estudar cases de sucesso também é recomendado, afinal, a partir deles é possível ter uma noção do que se vai enfrentar pela frente, além de ter um panorama maior sobre as soluções que poderão ser implementadas.

Será possível, após essa pesquisa, tomar responder à questões do tipo: é mais vantajoso abrir uma loja física, ou um e-commerce está mais de acordo com minha realidade? Se a loja física for a resposta, qual a região mais atrativa e qual o tipo de imóvel é recomendado? E assim por diante.

Trace metas e objetivos

Antes de tomar qualquer decisão sobre sua futura empresa, é fundamental que você saiba que caminho vai traçar, pois, só dessa maneira poderá estabelecer onde quer chegar.

Agora que você já conhece seu mercado, pode dimensionar, com base nos dados obtidos, os resultados que pretende obter.

Começar a empreender

Mas você sabia que há uma diferença entre meta e objetivo? Vamos explicar abaixo!

O objetivo representa o todo, ou seja, aquilo que pretende alcançar, então no caso da abertura de uma empresa, pode-se dizer que o objetivo é tornar-se forte numa determinada região.

Já a meta constitui-se por quantidade e prazo. Ainda seguindo o mesmo exemplo acima, a minha meta pode ser obter 1.000 clientes em 10 meses, para assim, alcançar meu objetivo. Ficou mais claro agora, não é mesmo?

Tanto os objetivos quanto as metas acarretam em um melhor direcionamento, logo, melhores chances de tomar decisões lógicas.

Através deles, também é viável elaborar um planejamento geral. Não se esqueça de incluir os gastos que a empresa terá (água, luz etc) na hora de considerar os valores!

Atente-se a contabilidade, normas tributárias e afins

Os processos contábeis e fiscais são específicos e possuem diversas particularidades. Para não haver problemas futuros envolvendo tais fatores, buscar uma empresa que preste assessoria é uma ótima alternativa.

Procure por uma companhia que tenha profissionais qualificados e anos de experiência. Tal contratação fornece soluções adequadas para mitigar riscos, aumentar a probabilidade de sucesso e reduzir custos operacionais e financeiros.

Confira o nosso artigo Por que contratar uma consultoria contábil?

Bem, esse é o início de sua jornada para empreender. Não é uma missão simples, porém, com dedicação e foco, consegue-se chegar ao tão almejado patamar de empreendedor bem sucedido.

Gostou do nosso post? Continue acessando nosso blog para mais textos.

Não deixe de acessar o site da MF Consultoria Contábil. Lá você poderá encontrar nossas soluções, assim como até entrar em contato!

Deixe um Comentário

Contar com os serviços da MF Consultoria é ter a garantia de que sua empresa terá toda a assistência necessária.

Estamos sempre próximos, realizando reuniões mensais, detectando novos e melhores caminhos, prevenindo problemas e oferecendo soluções adequadas.

Fale com a gente