ebitda

EBITDA: O que é, vantagens, desvantagens e como calcular

ebitda

O EBITDA é um documento contábil utilizado como uma ferramenta muito útil para apresentar e representar os resultados de uma operação empresarial, servindo como um dos principais e mais utilizados parâmetros de avaliação de uma companhia em sua produção financeira estrita

Fundamental para qualquer empresa, além de gerar receita, por óbvio, é tornar possível que toda a sua comunidade empresarial consiga compreender rapidamente e de forma muito concisa quais são os seus resultados em relação à sua forma particular de geração de receita.

Por meio do EBITDA, um documento contábil fundamental para todo e qualquer tipo de negócio, independente do seu porte, regime ou mesmo ambiente operacional, é possível conhecer quais são as peculiaridades que dizem respeito à produção financeira da empresa.

Assim, é mais do que fundamental fazer com que esse documento seja parte da rotina contábil da sua empresa.

No entanto, para colocar ele no rol de documentos contábeis necessários para a sua empresa, é necessário, antes, conhecê-lo de forma mais aprofundada. Vem ver!

Saiba mais: Diferença entre ME e EPP: Entenda como funciona

O que é EBITDA?

O EBITDA – Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization – é um documento contábil que tem por objetivo demonstrar quais são os Lucros antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização e pode também ser chamado de LAJIDA.

Sua principal função é demonstrar de forma consolidada quais foram os resultados operacionais da sua empresa.

Assim, por meio dele, é possível conhecer e avaliar quais são as condições reais de operação de um negócio.

para que serve o ebitda

Para que serve o EBITDA?

Por meio do EBITDA é possível analisar a forma como uma empresa gera seu caixa, possibilitando uma medição com maior precisão da produtividade e, sobretudo, da eficiência do seu negócio.

Isso acontece porque o documento desconsidera algumas variáveis mais complexas, como, por exemplo, os financiamentos tomados pela empresa – e que podem, por sua vez, serem analisados a partir de uma óptica mais apropriada e, sobretudo, exclusiva.

Saiba mais: Empresário Individual: Tudo o que precisa saber

Qual é a importância de calcular o EBITDA?

O documento contábil é fundamental para toda empresa porque ele contribui com uma visão que vai além da conjuntura que normalmente é observada no momento de tomar uma decisão: financiamentos e alavancagem.

Assim, ele demonstra de forma mais clara a situação operacional de uma empresa, que deve ser utilizado de forma conjunta com outros números, sobretudo aqueles que indicam a evolução do faturamento, seu lucro líquido e seu endividamento.

Saiba tudo sobre o EBITDA:

Diferença entre EBITDA e EBIT

A diferença entre EBIT e EBITDA está ligada ao conceito e “até onde se estende” a possibilidade analítica que o documento está determinado a proporcionar às equipes administrativas de uma empresa.

O EBIT – Earnings Before Interest and Taxes, Lucro Antes de Juros e Impostos – difere do EBITDA porque o segundo ainda leva em consideração também a Depreciação e a Amortização, que formam, no acrônimo, as duas letras finais.

Saiba mais: Contabilidade para Franquias: Saiba como escolher a melhor

quais são as vantagens e desvantagens do ebitda

Quais são as vantagens e desvantagens do EBITDA?

O EBITDA tem, dentre suas vantagens, o fato de desconsiderar alguns aspectos financeiros que não são recorrentes, tendo seu foco estrategicamente posicionado sobre aquilo que é sumariamente operacional.

Enquanto desvantagem, o documento é bastante restrito quando utilizado para interpretar movimentações operacionais de instituições financeiras, não sendo recomendado, portanto, para esse tipo de análise, sobretudo quando têm como atividade principal operações financeiras.

Afinal, como calcular o EBITDA?

Para calcular o EBITDA é necessário, antes de qualquer coisa, descobrir qual o lucro operacional de uma empresa. Para que seja possível chegar a esse resultado, é necessário proceder da seguinte forma:

  • Encontre o valor que resulta do lucro operacional da empresa, que é fornecido por meio da:
    • Subtração do custo das mercadorias que foram comercializadas e das despesas operacionais.

A partir disso, é necessário ainda adicionar o lucro operacional e descontar a depreciação, bem como a amortização daquilo que está incluso em todos os custos de mercadorias que foram vendidas e, por fim, as despesas operacionais.

Saiba mais: Provisão Financeira: Entenda o que é e como funciona

Cálculo de lucro operacional

Para calcular o lucro operacional de uma empresa é necessário conhecer qual o valor do seu lucro bruto e, a partir desse valor, calcular quais foram as suas despesas operacionais.

Esse resultado, vale mencionar que será obtido apenas por meio da apuração das despesas comerciais e das despesas mais diversificadas que não se enquadram, necessariamente, àquelas que não estão enquadradas nesses dois grupos anteriores.

cálculo de depreciação

Cálculo de depreciação

Para que seja possível calcular a depreciação de um ativo, é necessário entender, antes, o tempo de vida útil de um ativo e o custo financeiro que ele tem ao longo de toda a sua vida.

Assim, as empresas devem sempre considerar esse cálculo e conceito contábil a fim de determinar corretamente qual o valor de depreciação que um ativo terá.

Para calcular, leve em consideração:

Depreciação anual = Custo de aquisição –  Valor residual do ativo / Anos de vida útil.

Cálculo de amortização

O cálculo da amortização tem por objetivo determinar o valor do pagamento periódico que deve ser realizado a um empréstimo, que inclui alguns valores que são variáveis – a depender da taxa de juros e o valor de uma parcela.

Para chegar a esse valor, é necessário calcular:

Valor inicial – Valor residual / Vida útil.

como calcular na prática ebitda

Como calcular na prática?

A formulação do EBITDA é:

Lucro operacional líquido + Depreciações + Amortizações

Tendo o resultado desse cálculo, obtido por meio dos cálculos anteriores, será possível fazer a correta aplicação, chegando ao resultado necessário para a sua análise.

Saiba mais: Ciclo Financeiro: O que é, importância e como calcular

Como podemos te ajudar?

A MF é uma consultoria contábil que pode contribuir com o desenvolvimento dos diferentes relatórios que sua empresa, melhorando a sua interpretação de dados essenciais para o seu planejamento e, sobretudo, para a tomada de decisão em seu negócio.

Quer saber mais? Basta clicar no banner abaixo e descobrir tudo sobre como podemos contribuir com a sua empresa.

Saiba mais agora sobre a Consultoria Empresarial da MF Consultoria Contábil!

Conclusão

O relatório contábil EBITDA é fundamental para a organização financeira de uma empresa, bem como para a tomada de decisão em seu negócio.

Por meio do relatório também é possível obter resultados mais orgânicos para a sua empresa, melhorando seu desenvolvimento ao longo do tempo e possibilitando projetos cada vez mais acertados e lucrativos.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.