diferença entre me e epp

Diferença entre ME e EPP: Entenda como funciona

diferença entre me e epp

Se você quer abrir a sua empresa, é fundamental conhecer a diferença entre ME e EPP para fazer escolhas mais acertadas no momento de abrir o seu primeiro negócio

Abrir uma empresa é uma decisão incrível, que pode transformar nossas vidas – e para muito, mas muito melhor.

No entanto, é um momento que inspira diversos tipos de cuidados, que começam já no momento da abertura do negócio em si.

Afinal, qual é a diferença entre ME e EPP?

Além da natureza jurídica da empresa, a diferença entre ME e EPP está relacionada ao valor máximo de faturamento que elas podem obter em um único ano, sem serem desenquadradas do regime tributário que optaram no momento da sua abertura.

A ME é ideal para pequenos negócios, com um faturamento anual até 360 mil reais, enquanto a EPP pode faturar até 4,8 milhões de reais em um único ano.

Essa poderia ser a maior diferença entre ME e EPP, mas temos, ainda, algumas outras considerações:

Saiba mais: Empresário Individual: Tudo o que precisa saber

ME (Microempresa)

Uma microempresa – ME – é diferente de outros tipos de negócio, como o MEI, por exemplo, por adequar maior número tanto de funcionários quanto de sócios.

De acordo com a lei vigente, uma ME pode acumular até 19 funcionários, conforme seu segmento.

No entanto, uma das suas principais obrigações é sempre emitir nota fiscal para todo tipo de negócio que fizer, seja com pessoa física, seja com pessoa jurídica.

Faturamento

O limite de faturamento de uma ME é de até 360 mil reais ao ano. Esse limite deve ser sempre respeitado pela empresa para não ser desenquadrado do seu tipo de regime escolhido.

Além disso, é fundamental que o empresário sempre emita suas notas fiscais para todos os tipos de serviço que prestar ao longo do ano.

Saiba mais: Contabilidade para Franquias: Saiba como escolher a melhor

funcionários

Funcionários

Uma ME pode contar com até 19 colaboradores, a depender do seu tipo de segmento de atuação.

Alguns tipos de negócio, no entanto, têm como maior número  de funcionários aceitos o limite de nove, apenas.

Regime tributário

Uma ME pode optar por qualquer tipo de regime tributário, seja ele Simples Nacional, Lucro Presumido ou, ainda, Lucro Real.

Toda a tributação da empresa é feita de acordo com o seu nível de faturamento ou, ainda, de alguns outros fatores que podem impactar na forma de recolhimento dos seus impostos e que estão relacionados à forma de prestação dos seus serviços ou de suas vendas.

No entanto, seja para um caso, seja para outro, é imprescindível que toda ME mantenha um controle adequado das suas contas, incluindo, claro, das suas notas fiscais emitidas.

Quer saber mais sobre o regime do Simples Nacional?

Saiba mais: Provisão Financeira: Entenda o que é e como funciona

Carga tributária

A carga tributária sempre irá depender da forma de tributação que a empresa escolher para si, a depender, portanto, do seu regime tributário.

Assim, é essencial que a empresa estude de maneira adequada qual o regime mais indicado para o seu tipo de prestação de serviços ou de venda de mercadorias.

Tornando, dessa forma, suas contas mais organizadas e adequando o pagamento de impostos com seu faturamento.

empresa de pequeno porte epp

Empresa de Pequeno Porte (EPP)

Uma EPP é uma empresa de pequeno porte, que, de acordo com a legislação brasileira, pode assumir contornos diferentes de uma ME.

Veja, a seguir, quais são as principais diferenças entre uma ME e uma EPP, na prática.

Faturamento

O faturamento de uma EPP é relacionado à categorização de uma empresa. Aquelas que acabam por ter receita entre 360 mil e 4,8 milhões de reais são as chamadas de Pequeno Porte e podem atuar utilizando o regime tributário do Simples Nacional.

Outros faturamentos, no entanto, também podem estar associados às empresas que adotam esse modelo, como, por exemplo, aquelas que exportam e que podem atuar com valores de até 7,2 milhões de reais.

Saiba mais: Ciclo Financeiro: O que é, importância e como calcular

Funcionários

Uma EPP tem um limite claro em relação ao número de empregados. O mínimo que deve apresentar é o de 10 colaboradores e o máximo é de 49, como uma forma de manter o seu status de EPP.

Empresas que necessitam ultrapassar esses valores devem adequar-se a outro regime, como a de ME, quando menos colaboradores, ou a EMP, quando necessitar de mais colaboradores.

Regime tributário

A EPP pode ter diferentes tipos de regimes tributários, sendo o Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido como opções.

No entanto, é necessário sempre contar com um bom contador em seu trabalho, visto que em alguns casos é obrigatória a opção pelo Lucro Real ou Presumido.

Carga tributária

A carga tributária de uma EPP sempre irá variar conforme o regime tributário que a empresa adotar, o que deve ser estudado de forma bastante criteriosa por um contador de sua confiança.

Vale sempre lembrar que para cada tipo de empresa há um regime tributário que melhor corresponde às suas necessidades.

vantagens de ser ME e EPP

Quais as vantagens de ser ME e EPP?

A maior vantagem relacionada a ter uma empresa formalizada é a consonância do seu negócio com todos os aspectos legais vigentes no país, além do fato de que formalizar um negócio também quer dizer, na prática, começar a criar um patrimônio.

Dessa forma, é imprescindível que você esteja atento a alguns pontos que podem ser decisivos no momento de optar pela forma de abrir uma empresa, agora que conhecemos a diferença entre ME e EPP.

Saiba mais: Recuperação de Créditos Tributários: O guia completo

ME

Ser um ME traz algumas vantagens importantes, como, por exemplo, o recolhimento dos tributos de acordo com a sua faixa de faturamento, incluindo a simplificação na arrecadação tributária e redução de alíquotas.

EPP

Uma EPP tem vantagens em licitações públicas, o que acaba por contribuir com a valorização e o amadurecimento de pequenos negócios, fazendo com que seja gerado retorno mais rapidamente para seu caixa e impulsionamento do seu crescimento.

modelo de empresa ideal para o seu negócio

Qual o modelo de empresa ideal para o seu negócio?

Agora que sabemos a diferença entre ME e EPP, é necessário sabermos como podemos descobrir qual o modelo de empresa que melhor se adéqua às necessidades da nossa empresa.

Conforme vimos, alguns critérios devem ser analisados preliminarmente, como a quantidade de funcionários e os limites de cada modelo empresarial e, ainda, em relação ao faturamento que cada empresa pode obter.

Por conta disso, além de um bom estudo e de uma boa estratégia de mercado, é fundamental contar com um bom suporte contábil, como o que a MF oferece para o seu negócio.

Saiba mais agora sobre a Consultoria Empresarial da MF Consultoria Contábil!

Conclusão

O conjunto de diferença entre ME e EPP está, normalmente, relacionado à quantidade de colaboradores que cada tipo de empresa pode ter e, ainda, à sua margem de faturamento.

É importante conhecer esses critérios a fim de determinar qual tipo de empresa será aberta, bem como qual aquela que melhor se adapta às necessidades do seu negócio.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.