capital social

Capital Social: Entenda o que é e como definir

capital social

O capital social é o valor que os sócios e os acionistas de uma empresa destinam a ela, no momento da sua abertura, como uma forma de financiar seu funcionamento em seus estágios iniciais

São muitas as dúvidas que surgem no processo de abertura de uma empresa, independentemente do porte.

Dentre elas, o capital social é o que mais gera confusão no momento de fazer o processo de abertura de um negócio. E a razão disso não poderia ser mais especial.

Afinal, como definir o valor do capital que deve ser inicialmente investido em um negócio? Como alterar o valor inicialmente contratado? Quem entra com o quê, quando o assunto é uma sociedade? Ponto a ponto, vamos discutir hoje esse assunto!

O que é capital social?

O capital social é o valor que inicialmente é disposto pelos acionistas ou fundadores de uma empresa para financiá-la em seus primeiros momentos de operação.

Ou seja: É a soma do valor total que foi investido e que será utilizado para que seja possível iniciar todas as atividades de uma empresa até que ela passe a gerar lucro para financiar a si mesma de forma autônoma e consistente.

Por conta da importância tamanha desse recurso financeiro, é fundamental que o capital inicial que será utilizado para a operação de um negócio seja cuidadosamente discutido entre os acionistas ou pelo proprietário, definindo com exatidão o que é necessário para a empresa.

Saiba mais: Contabilidade para Franquias: Saiba como escolher a melhor

Para que serve o capital social?

O valor alocado como capital inicial ou social de uma empresa é o valor que é inicialmente utilizado para iniciar a operação de um negócio, seja ele qual for e de qual porte for.

É um valor utilizado para a compra dos insumos, dos produtos, para a contratação dos serviços que a empresa necessitará utilizar, adquirir os mais diferentes tipos de equipamentos e tudo, tudo aquilo que é fundamental para iniciar a operação.

A partir desse dinheiro seu negócio começará a se desenvolver, dando, por si mesmo, seus próprios e próximos passos, gerando lucro e podendo se autofinanciar.

como funciona um capital social

Como funciona um capital social?

O funcionamento e a aplicação desse conceito é muito simples de ser compreendido e, para tanto, é necessário que o empresário ou o conjunto de sócios se reúnam para discutir e apurar quais são os valores necessários para uma empresa ser iniciada.

A depender do valor apurado e da composição da gestão e propriedade da empresa, esse valor pode ser modificado ao longo do tempo, sendo necessário fazer diferentes tipos de aporte para que o negócio possa, então, passar a caminhar com seus próprios rendimentos.

Assim, o capital inicialmente investido é fundamental para que a empresa realmente possa funcionar.

Saiba mais: Provisão Financeira: Entenda o que é e como funciona

a importância do capital social

A importância do capital social para uma empresa

Sem dúvida, o capital investido é fundamental para qualquer tipo de negócio porque é por meio dele que a operação de uma empresa se torna possível.

Esse valor deve ser, de forma bastante cuidadosa, apurado, sobretudo porque é por meio desse acerto inicial que será possível ter a empresa e o negócio que você ou a sua sociedade ambicionam oferecer para o mercado.

Assim, é essencial fazer um estudo de mercado adequado, investigando quais são os valores necessários para se financiar a operação do seu negócio de forma sustentável e que possa, ainda, oferecer potencial de crescimento sustentável.

Como calcular o capital social de uma empresa?

Para que seja possível calcular o valor do capital social de uma empresa é necessário, antes de qualquer coisa, conhecer o mercado em que se está entrando.

Por meio de um estudo de mercado adequado, esses valores podem ser buscados e apurados, verificando qual a melhor forma de garantir que seu negócio terá o financiamento adequado para ser iniciado.

Outro ponto importante dessa dinâmica está relacionado ao ajuste adequado das expectativas da sua empresa em relação ao seu mercado, sobretudo para que ela possa ter o financiamento necessário para custear as suas operações até que possa render lucro.

Saiba mais: Ciclo Financeiro: O que é, importância e como calcular

MEI capital social

MEI

O capital social de um MEI dependerá das atividades que ele irá desempenhar. Por exemplo: Se o seu negócio for via web, é necessário que você tenha em seu capital social todos os valores necessários para começá-lo, como o valor de um computador, por exemplo.

No entanto, sabemos que isso nem sempre funciona assim. Muitas vezes começamos um negócio a partir do nada, utilizando como recursos para seu financiamento coisas que são nossas e que existiam antes da empresa se constituir.

Por conta disso, o capital inicial de um MEI pode ser até mesmo de um real.

Quer saber mais sobre o capital inicialmente investido para o MEI? Vem ver!

EI

Quando se trata do regime do empresário individual, tal como no MEI, podemos começar com qualquer quantia.

No entanto, é muito importante estar atento a esse ponto, visto que é mais fácil aumentar o capital social de uma empresa do que diminuí-lo.

Outro ponto de atenção é que o documento que constitui uma empresa e no qual deve estar mencionado esse valor do capital inicialmente investido, o contrato social, pode ser utilizado para a busca de recursos financeiros no mercado.

Portanto, seja objetivo e claro nesse aspecto!

Saiba mais: Recuperação de Créditos Tributários: O guia completo

Esse tipo de regime, no entanto, foi substituído posteriormente pela Sociedade Limitada Unipessoal, ou a SLU.

LTDA

Tal como em outras configurações, uma LTDA não tem um valor mínimo a ser investido inicialmente pelos seus acionistas.

No entanto, vale lembrar que estamos falando de uma empresa com sócios e que deve ser assim entendido, sobretudo para evitar complicações futuras com a natureza da empresa.

Esse valor inicialmente investido pode ser compartilhado pelos sócios da forma que melhor lhes aprouver.

contabilidade na zona leste de sp

Unipessoal

A SLU – Sociedade Limitada Unipessoal, pode começar com qualquer quantia.

No entanto, tal como no regime do EI, é necessário adequar o valor à realidade do seu negócio, como uma forma de garantir que ele irá poder atuar.

Esse regime veio para substituir o EIRELI, sobretudo por conta da sua alta exigência em relação ao valor mínimo do capital inicialmente investido.

Saiba mais: Obrigações Fiscais de uma empresa: quais são as principais?

Saiba mais agora sobre a Consultoria Empresarial da MF Consultoria Contábil!

Conclusão

O cálculo do capital social de uma empresa deve ser realizado de forma bastante honesta pelos seus acionistas ou proprietários, sobretudo porque esse valor será necessário para que o financiamento das primeiras atividades do negócio se dê.

Esse valor também é importante quando um empresário busca no mercado investimentos para a sua empresa.

Assim, embora muitos negócios possam começar com apenas um real de capital inicialmente investido, é fundamental que ele represente o negócio em sua realidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.