calcular payback de empresa

Como calcular o payback da sua empresa? Aprenda agora!

calcular payback de empresa

Saber como calcular o payback de um investimento é uma das matérias mais importantes que devemos conhecer antes de realizarmos nossas primeiras aplicações financeiras. Saiba tudo sobre esse tema hoje!

Você sabe exatamente o valor que o seu dinheiro tem? Se você faz investimentos, essa pergunta pode ser a chave para tomar as melhores decisões em relação a eles, sobretudo quando se trata do seu negócio.

Por meio de um cálculo bastante simples, podemos ter uma noção um pouco melhor do tempo que um investimento pode exigir para que os seus rendimentos possam ser igualados ao valor inicialmente depositado neles.

Hoje, vamos trabalhar um pouco mais essa ideia do que é o payback e qual a sua principal função quando se trata da forma como investimos nosso dinheiro.

Vem ver!

O que é payback?

O payback é uma formulação que tem por objetivo demonstrar o prazo de retorno de um determinado investimento, seja ele feito por uma pessoa física, seja ele feito por uma pessoa jurídica e avaliá-lo.

Isto é: visa responder à pergunta “quanto tempo demora para receber o que foi investido?”, que é fundamental para que se possa decidir se o investimento vale a pena ou não ser feito.

Dessa forma, o cálculo deve ser realizado sempre que você for fazer um determinado tipo de investimento, como uma forma de se planejar financeiramente para o tempo em que o dinheiro investido ficará “preso” no tipo de aplicação que você fizer.

Saiba mais: Modelagem de Processos: o que é, benefícios e como implantar

Tipos de payback

O payback pode se apresentar de duas formas, o simples e o descontado.

Enquanto o payback simples é considerado o modelo mais convencional, o modelo descontado é uma maneira ainda mais simplificada dessa apresentação.

Em detalhe, o payback simples é bastante prático e bem fácil de ser calculado. No entanto, ele não determina as variáveis que irão afetar um investimento ao longo do tempo.

Já o payback descontado inclui também taxas anuais, que são descontadas do investimento. Assim, é possível ter um valor mais realista do que vamos ter enquanto rendimento.

Qual a função do payback?

Saber a forma correta de como calcular o payback contribui com uma melhor negociação em relação aos investimentos que você deseja fazer, seja sua empresa, seja sua pessoa física.

Assim, a sua função é a de trazer maior previsibilidade para as suas operações financeiras, melhorando a forma como você compreende a maneira que seu dinheiro é aplicado e, sobretudo, quais serão os retornos possíveis dessa aplicação.

Saiba mais: Custo de Mercadoria Vendida: como é feito o cálculo do CMV?

Como calcular o payback da empresa?

O cálculo do payback possui uma formulação bastante simples, que iremos explorar mais à frente.

No entanto, vale sempre informar que saber como calcular o payback dos seus investimentos é apenas uma das ferramentas fundamentais de se adotar no momento de investir.

A outra, que é tão importante quanto, é ler com atenção e buscar apoio jurídico, se necessário, para compreender o prospecto do investimento.

Dito isso, vamos lá:

Como calcular o Payback Simples

O payback simples tem a seguinte formulação:

Payback simples = Investimento inicial / Ganho no período (ou fluxo de caixa médio)

Assim, em um exemplo em que você faz um investimento de cerca de 30 mil reais que terá um retorno de 2 mil reais ao mês, temos como resultado do cálculo do payback 15.

15, portanto, é o tempo em meses que você levará para ter novamente o valor investido inicialmente.

Saiba mais: Valuation para pequenas empresas: como fazer na prática!

Como calcular o Payback Descontado

Já no payback descontado, o cálculo é um pouco diferente. Precisamos analisar dois aspectos dele:

Taxa mínima de atratividade – Toda a taxa que será descontada é definida pela pessoa que está fazendo o cálculo. Normalmente se usa a SELIC como parâmetro, dado que ela é a taxa básica de juros do país.

Valor presente líquido – É o cálculo que se utiliza para saber qual o fluxo de caixa, descontando dele a taxa mínima de atratividade. Dessa forma, temos a seguinte equação:

VPL = Fluxo de Caixa (FC) ÷ (1+TMA)¹

Note que o valor elevado sempre será substituído pelo período do fluxo de caixa que estamos considerando no ato do cálculo.

Dessa forma, utilizando o mesmo exemplo anterior, temos:

VLP = 2000 / (1+0,10)¹

VLP = 1818,18 reais.

Com base nesse valor, agora basta que utilizemos o mesmo recurso anterior:

Payback descontado = Valor inicialmente investido / VLP

Payback descontado = 30000 / 1818,18

Payback descontado = 16,5 meses.

Saiba mais: Como começar a empreender: veja as tendências e dicas (2021)

Importância de descobrir como calcular o payback

A maior importância de saber como calcular o payback é a de que, por meio dessa formulação, você poderá ter maior controle a respeito dos seus investimentos.

E, sobretudo, maior poder de decidir quais são aqueles que melhor correspondem às suas necessidades em relação às finanças da sua empresa ou em relação às suas próprias finanças.

Dicas para calcular o payback da sua empresa

A principal dica sobre como calcular o payback da sua empresa está relacionada a ter um excelente controle financeiro. Isso se dá, sobretudo, porque é por meio de um controle financeiro eficiente que será possível saber, com exatidão, a taxa de retorno do negócio.

Além disso, payback não pode ser confundido com outras fontes de recurso da empresa, como os lucros que são utilizados para o seu próprio financiamento ou mesmo com a sua distribuição de lucros.

Atualize o fluxo de caixa

Manter seu fluxo de caixa sempre devidamente atualizado é fundamental para que se possa calcular com eficiência o payback da sua empresa.

Para isso, é fundamental manter a documentação do seu negócio sempre devidamente organizada e estruturada, junto do seu contador.

Saiba mais: Giro de Estoque: o que é, como calcular e dicas para otimizá-lo

Seja realista

Mesmo que estejamos lidando com expectativas de tempo de retorno, um dos dados fundamentais sobre como calcular o payback da sua empresa é ter bastante senso da realidade do seu negócio.

Não extrapole apenas para produzir um resultado que você considere satisfatório e trate de dados reais o tempo todo.

Produza um inventário

Outro ponto fundamental sobre como calcular o payback do seu negócio é ter um inventário sempre em dia dos seus ativos.

Isso garante maior margem de dados para a sua contabilidade e produz resultados mais fiéis, sobretudo porque dessa forma você saberá exatamente qual o capital da sua empresa.

Otimize a gestão do seu negócio com apoio da consultoria empresarial da MF

Conclusão

Saber a forma correta de como calcular o payback da sua empresa é fundamental para uma boa administração dos recursos financeiros do seu negócio.

Por meio desse cálculo é possível verificar, em meses, o tempo de retorno de um investimento realizado, sendo muito útil para a gestão financeira de uma empresa e avaliação da viabilidade de um investimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.